Oftalmologia Mutton Sorocaba

Notícias

Outono: evite prejuízos à saúde dos olhos

Com o início do outono, a baixa umidade do ar e o tempo seco, é comum o aumento do número de casos de doenças oculares ligadas ao clima, como a Síndrome do Olho Seco e as alergias oculares.

Isso ocorre porque, nesta época do ano, os olhos ficam menos lubrificados,  mais expostos à poluição e, consequentemente, todos ficamos sujeitos a alergias e infecções. Mas com algumas dicas é possível se prevenir das principais doenças oculares de outono/inverno. Confira quais são e como evitá-las:

Olho seco
A baixa umidade do ar e o ressecamento da região ocular costumam causar a Síndrome do Olho Seco, caracterizada pela pouca ou má qualidade da lágrima, o que deixa a superfície dos olhos seca. Para evitá-la, o ideal é beber bastante líquido, incluir na dieta frutas e verduras ricas em vitaminas A e E, usar vasilhas de água para umedecer os ambientes, ter um lubrificante ocular por perto e, se possível, evitar ambientes com ar condicionado.

Alergias oculares
No outono, as alergias são muito comuns, mas existem várias formas de se proteger, como evitar plantas, flores e animais com pelo dentro de casa; manter os ambientes arejados e livres de objetos que acumulem pó em excesso; substituir a vassoura por aspirador de pó; e evitar esfregar ou coçar os olhos.

Conjuntivite
A conjuntivite é altamente contagiosa e, apesar de não ser grave, causa muito incômodo. Como método de prevenção, os oftalmologistas indicam lavar as mãos frequentemente; evitar aglomerações e locais fechados; não compartilhar objetos pessoais, como maquiagem, fronhas, toalhas ou colírios; e evitar levar as mãos aos olhos.

Gostou das dicas de prevenção? Os médicos ainda advertem que o uso inadequado de medicamentos pode agravar os problemas oculares. Por isso, em caso de qualquer sintoma ou incômodo nos olhos, procure um oftalmologista de confiança – só ele poderá indicar o tratamento adequado e evitar complicações.

Fonte: www.portaldosolhos.com.br

Atendimento via Whatsapp