Oftalmologia Mutton Sorocaba

oftalmologia-mutton-sorocaba-medicos-dos-olhos
mutton-oftalmologia-sorocaba-clinica-exames

Por que o oftalmologista é o profissional que deve cuidar dos seus olhos?

Imagine que você estivesse a poucos minutos de ter um bebê. Qual seria o profi sional que você procuraria para fazer o parto? Um obstetra? A resposta está correta! Porque este é o profissional mais capacitado para realizar o procedimento. Quando se trata de saúde, todos deveriam ter o mesmo cuidado: procurar um especialista!

Assim também funciona com a escolha do profissional que vai cuidar da sua saúde ocular, o oftalmologista. Todas as pessoas que desejam, e veem a necessidade, cuidar da saúde dos olhos devem procurar um oftalmologista. Isso porque ele conhece toda a estrutura ocular, assim como seu funcionamento e predisposições. É importante destacar que a visão é um senti do muito importante no corpo humano, e seu funcionamento é complexo; procurar a ajuda do especialista para exames de rotina é uma questão de prevenção!
Continue reading

Quando a criança tem aparência de estrabismo, mas não é!

Toda criança deve ser avaliada por um oftalmologista nos primeiros seis meses de vida. Isso porque os exames nesta fase são muito importantes para diagnosticar problemas visuais precocemente e proporcionar uma evolução favorável da visão dos pequeninos. Segundo especialistas, qualquer alteração pode desmobilizar o mecanismo da visão infantil, por isso o desenvolvimento ocular deve ser acompanhado por um especialista, o oftalmopediatra.

Continue reading

Quando a visão dupla pode ser sintoma de doenças graves!

Os sentidos humanos são essenciais para interação entre as pessoas. Os olhos são responsáveis pelo sentido da visão, possibilitando enxergar tudo que está à volta. Para que esse mecanismo funcione sem causar alterações, a imagem que entra pela córnea – membrana transparente, localizada na frente da íris – deve ser formada na retina. Na verdade, quem enxerga não é o olho, mas o cérebro, que forma as imagens e determina relações com a memória, permitindo a identificação do objeto que está sendo visto, um copo, cachorro ou uma pessoa.
Simplificando, abrir os olhos e focalizar uma imagem é algo tão natural que não é percebido. Isso se dá pela perfeita ordenação das áreas que fazem parte do sistema da visão, que trabalham conjuntamente. Mas quando um dos componentes deste sistema apresenta algum tipo de problema, pode ocorrer a visão dupla.
Continue reading

Teste do olhinho é melhor para triagem de problemas oculares em recém-nascidos

“O Teste do reflexo vermelho (teste do olhinho) deve ser realizado pelo Pediatra, conforme a Lei e é uma forma de triagem bem estabelecida, com excelente relação custo-benefício e adequada à realidade do nosso país. Já o uso irrestrito da fotografia de fundo para triagem de crianças saudáveis não deve ser recomendado no momento atual”.

Esta é a conclusão de documento emitido pela Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (SBOP), baseada nas recomendações da Associação Americana de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo (AAPOS) e na literatura médica disponível.

O documento foi motivado por manifestações surgidas em meios de comunicação sugerindo que a fotografia de fundo de olho de grande angular, o chamado teste do reflexo vermelho ampliado, seria o meio mais adequado para realização de triagem de possíveis problemas oculares em recém-nascidos.

A SBOP esclarece que a fotografia de fundo de olho de grande angular é uma excelente ferramenta para acompanhamento de crianças com patologias como retinoblastoma, retinopatia da prematuridade e cicatrizes corioretinianas, mas não para a realização de triagens em grande escala, função cumprida de forma excelente pelo teste do olhinho.

Fonte: CBO

Problemas oftalmológicos em diabéticos

Quando o paciente diabético tem bom controle da glicemia (quantidade de açúcar no sangue) ajuda a evitar complicações à saúde, como: doença renal, ataques cardíacos, derrame cerebral, pressão alta, má circulação, formigamento nas mãos e nos pés, problemas sexuais, amputações, infecções e problemas oculares.
O paciente com o Diabetes descompensado apresenta, com frequência, a visão embaçada. Com o passar do tempo pode, também, perder acuidade visual. Esses sintomas podem estar ligados à catarata ou alterações na retina, como a retinopatia diabética, que é uma complicação grave que pode causar descolamento de retina, hemorragias e cegueira.
Não controlar o diabetes pode causar:
Continue reading

A tecnologia a serviço da saúde ocular

A Tomografia de Coerência Óptica (OCT) é um dos grandes avanços tecnológicos desenvolvidos para auxiliar o oftalmologista no diagnóstico de doenças oculares. Exame totalmente óptico, o OCT é uma técnica de imagem capaz de mostrar, de forma detalhada, a retina e o nervo óptico em três dimensões. Para a realização deste exame, não é necessário o uso de contraste; é rápido e indolor, possibilitando uma precisa avaliação do “fundo do olho” com uma resolução melhor do que o ultrassom convencional. O OCT detecta mínimas variações no “fundo olho”, ajudando no diagnóstico precoce e no controle da evolução de doenças oculares graves. A tecnologia permite um estudo mais aprofundado das estruturas da retina: a mácula e a papila. O exame é muito importante no diagnóstico de buraco macular, edema macular ou edema de mácula, degeneração macular, glaucoma e retinopati a diabética.

Continue reading

Temperatura alta e atividades ao ar livre requerem precauções à saúde ocular

No período entre o final e o início do ano, a alegria e a descontração acompanham as férias escolares, o carnaval e os passeios ao ar livre. O clima quente e os dias mais longos favorecem esse comportamento. Porém, esta é uma fase em que é preciso ter cuidados especiais com o corpo, principalmente os olhos. A saúde desses órgãos pode ficar comprometida por causa de longas exposições ao sol, em dias mais claros e quentes. Por isso, exige uma atenção maior para evitar problemas oculares nas estações com este clima. Assim como a pele, os olhos sofrem com os efeitos nocivos dos raios solares. Se não houver uma proteção adequada, os efeitos da radiação podem provocar diferentes perigos à saúde ocular, como: queimaduras, irritações na córnea e inflamação ocular. Além disso, atividades feitas ao ar livre, como praia, piscina, prática de esporte e passeio também exigem seus cuidados com os olhos, pois a areia, o mar e o cloro da piscina são fatores que predispõem a doenças oculares.

Continue reading

O que são e como funcionam as lentes multifocais

As chamadas lentes multifocais ou progressivas são indicadas para pacientes que precisam enxergar bem de longe, perto e intermediário, permitindo “muitos focos” ao usuário, através do mesmo par de lentes, dispensando o uso de dois óculos (para perto e longe). Para as pessoas com idade acima de 40 anos, que sofrem com a presbiopia, as lentes multifocais são indicadas por oferecer praticidade, modernidade e valor estético. As opções de lentes multifocais são diversas, variando no material, tratamento prescrito, preço e tecnologia.

Continue reading

Quanto custa a vaidade para a saúde dos olhos?

Há quem diga que o excesso de vaidade pode causar sérios danos à saúde. Essa não é uma afirmação vazia ou sem fundamentos. Com o passar do tempo, os padrões de beleza vão evoluindo ao ponto de influenciar diretamente na saúde. Tal atitude mostra o quanto as pessoas são influenciadas por ideais criados para satisfação pessoal, que, sendo assim, nunca se esgotarão. Com isso, novas tecnologias são desenvolvidas de forma feroz para suprir o mercado da beleza e da estética. Fica a pergunta: até que ponto os procedimentos estéticos prejudicam a saúde? Nesta matéria, separamos algumas informações que não visam a esgotar o assunto, e nem acabar com a indústria da vaidade, mas levar ao entendimento de alguns procedimentos voltados para a melhora da aparência. Queremos motivá-los a uma reflexão sobre o assunto.
Continue reading

A visão e o uso correto dos óculos

Os óculos de grau são a maneira mais simples de se corrigir as ametropias – erros refrativos oculares. Estima-se que cerca de 15% das
crianças e quase todos os adultos acima de 45 anos precisem usar óculos. Atualmente, existem inúmeros tipos de lentes, com tratamentos  especiais, com capacidade de mudar a tonalidade de acordo com a iluminação total, polarizadas, antirreflexo, endurecidas e antirrisco.
A verdade é que os óculos caíram no gosto das pessoas e se tornaram também parte do figurino, deixando de ser apenas uma ferramenta de correção visual. Porém, estes só devem ser usados sob orientação médica e após exame oftalmológico.
Continue reading

× Atendimento via Whatsapp